Oi Fãs de michael jackson!
Sejam muito bem vindos e sintam - se a vontade, cadastre - se e tenha acesso ao Fórum por completo

Aqui somos uma familia!!!

Decifrem a lenda nunca desvendada, o rei nunca superado, Michael joe jackson



ass: administração You Are Not Alone

Michael Jackson x Mary (dado como fato verídico)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Michael Jackson x Mary (dado como fato verídico)

Mensagem por byanca jackson em Qui 23 Set - 1:48:07

Olá a todos!
Vocês podem me chamar de Mary (nome fictício) e eu tenho realmente 37 anos (idade verdadeira). E o que eu tenho para dizer é que Michael Jackson era um ser humano normal com defeitos e hábitos e até mesmo vícios. Eu continuo a ler pelos sites, pessoas, tentando retratar Michael como um santo, um anjo, um ser humano perfeito, e algumas outras pessoas, por outro lado, tentam fazer Michael parecer um anormal, uma aberração, um homem do espaço, um gay, pedófilo e em diversos jornais e em todos os tipos de artigos na internet. E nada me incomoda mais do que isso porque eu tive a oportunidade de conhecê-lo e eu sei que em sua vida particular ele era um cara normal, um cara que gostava de mulheres, que gostava de paquerar e se divertir, um cara que gostava de ter seus casos, ele era só um cara. Não podemos negar que quando Michael estava num palco ele sempre foi um Deus do entretenimento, não podemos negar que seu talento foi além do que a nossa realidade pode permitir e não podemos negar que ele era de fato uma grande alma, que amava as pessoas e seu maior objetivo era ajudar os outros. Não, eu não vou fazer isso. Mas o que eu vou fazer é destruir essa imagem de santo ou estranho que vocês criaram para ele. Uma imagem que ele nunca quis ou gostava. Uma imagem que começou a cercá-lo só porque ele gostava de manter sua vida privada com discrição, porque ele era mais cavalheiro que mil homens juntos. Mas ainda assim, ele era um homem, um homem bonito, talentoso, famoso e rico, que poderia ter qualquer mulher que ele gostasse e que tinha a mulher que ele gostasse. Você vai perguntar como posso ter tanta certeza, oh bem, porque, felizmente para mim, eu fui uma das mulheres que Michael Jackson quis estar em algum momento de sua vida. Sim, Michael Jackson fazia sexo casual com mulheres, e eu fui uma delas algum tempo atrás.
Eu tive a chance de conhecer Michael em um jantar beneficente, em 1999, eu tinha 26 anos na época e eu sou sua fã há muito tempo, e quando um amigo meu me falou sobre esse jantar eu fiquei tão animada. Eu acho que não é exagero dizer que passei uma semana antes desse evento me “cuidando”. Eu fiz um novo corte de cabelo, tratamento de pele, comprei roupas novas, sapatos novos de salto alto, uma coisa que eu não costumo usar. Bem, tudo correu bem durante a reunião. Eu fui com o meu amigo e mais duas meninas, e encontramos com o Michael no Hall do evento, ele nos abraçou, tiramos algumas fotos, fizemos algumas perguntas e, em seguida, infelizmente, nós tivemos que ir.
Nada demais aconteceu lá enquanto estávamos com ele…Não teve olhares, sorriso, nenhum toque, nem um piscar de olhos, nada.
Michael agiu com todos da mesma maneira, ele sorriu educadamente, nos abraçou respeitosamente, ele recebeu os nossos presentes, falou com sua voz suave e macia como falava com todos.
Mas logo que sai pela porta, abafando de gente, é claro, que eu tive a maior surpresa da minha vida. Eu consegui chegar até a porta de saída com o meu amigo, quando derrepente um cara grande e negro e muito alto me deu um tapinha no ombro e sussurrou para mim que Michael tinha algo para me dizer em particular. Fiquei um pouco preocupada, pensei que talvez eu de alguma forma tenha lhe ofendido ou talvez eu tenha feito algo errado.
O cara deve ter notado que eu estava preocupada porque ele sorriu novamente e sussurrou em meu ouvido que eu não tinho nada a temer e, em seguida ele me pediu para segui-lo sozinha. Eu deixei o meu amigo no corredor e segui o cara até uma sala reservada. Lá, ele me disse que o Sr. Jackson me pediu que esperasse por ele, pois tinha que terminar uma sessão/reunião, e que ele queria me conhecer melhor. Eu comecei a rir e perguntei se ele estava brincando comigo, mas quando o cara ficou sério eu sabia que não era uma brincadeira. Claro que concordei em aguardar “o Sr.Jackson “, e assim eu fiz por 2 horas. Fiquei sozinha na sala com algumas bebidas, um aparelho de TV e algumas revistas. Após meia hora de espera o cara voltou e disse-me que o Sr. Jackson perguntou se eu precisava de algo, alguma coisa para comer, uma bebida especial…
Eu disse que não, tudo bem, mas alguns minutos depois o cara voltou com champanhe e algumas frutas em um prato grande. Eu estava nervosa demais para beber ou comer qualquer coisa e assim eu continuei andando pela sala em silêncio por mais 1 hora e meia, quando na porta finalmente surgiu um homem negro: “Nós podemos ir agora.” Ele disse e eu o segui obediente.
Caminhamos por um longo corredor e saímos com o que parecia uma porta traseira. Uma limousine preta estava à espera de alguém, para que eu seja mais precisa.O cara me encaminhou para o carro, onde outro rapaz negro foi para a frente da porta. “Minha cara” sussurrou algo para o outro e então o cara entrou no carro e depois de alguns momentos a porta se abriu e lá estava ele, Michael Jackson, em carne e osso, sorrindo calorosamente para mim. “Entre, por favor.” Foram as primeiras palavras que ele me disse e eu fiz o que me pediu.

Eu entrei na limousine enorme e me sentei ao lado de Michael.Claro que eu estava muito animada e nervosa demais para poder falar. Eu geralmente sou uma pessoa muito falante, não sou muito tímida, mas ali eu tinha perdido todas palavras. Logo que o carro começou a se mover Michael começou a falar, ele estava tentando me fazer sentir confortável e mais à vontade. Ele não era tímido, não corou, não gaguejou, ele era apenas encantador. Explicou que gostou muito de mim e que queria me conhecer melhor e que se eu concordasse ele gostaria de passar algum tempo comigo naquela noite. Ha! É claro que eu disse que sim e logo depois que eu disse, Michael me puxou para perto dele e me deu um beijo na minha bochecha esquerda. “Ótimo. Obrigado! “, Exclamou! A viagem não foi muito longa e logo estávamos na frente de um pequeno edifício, rodeado por acres de jardins. Parecia que estávamos em um oásis ou algo parecido, era muito bonito. Michael sorriu e só depois que ele já tinha pego a minha mão ele perguntou se ele poderia pegar minha mão. Nós rimos e, em seguida, entramos na casa. Era simples, mas cheia de estilo e glamour. Michael me levou para uma sala grande e, em seguida, ele pediu licença por alguns minutos e desapareceu com dois de seus guarda-costas, enquanto eu permanecia com o terceiro. Ele não disse nada e eu também não. Quando Michael voltou, ele estava sozinho e mandou embora o terceiro guarda-costas e ficamos finalmente os 2 sozinhos. Notei que Michael tinha mudado de roupa, ele agora estava vestindo uma calça jeans preta e uma camiseta colorida e seu cabelo estava puxado para trás em um rabo de cavalo. Ele se sentou ao meu lado e me abraçou e me beijou mais uma vez no rosto.”Estou tão feliz que você veio.” Ele disse, e novamente ele me agradeceu.Achei engraçado que ele ficava me agradecendo… na verdade era um favor que ele estava fazendo por mim, me levando com ele, eu acredito que era o seu esconderijo .Então, eu ri. Ele me perguntou porque eu ri e eu disse-lhe por que estava rindo… Ele riu muito e me disse que não via assim, que não estava me fazendo nenhum favor e, finalmente, chegamos ao acordo sobre o fato de que ninguém estava fazendo favores a ninguém, que éramos apenas dois novos amigos que estavam se conhecendo e passando algum tempo juntos. As próximas horas foram divertidas, conversamos muito, foi muito engraçado, ele ficou fazendo piadas, contando todo tipo de histórias interessantes e também ouvia o que eu tinha pra dizer. Após essas duas horas eu estava me sentindo tão relaxada e à vontade com ele, eu estava me sentindo como se eu o conhecesse a vida inteira. Então eu acho que é por isso que eu tive coragem de perguntar o por que ele tinha me escolhido para estar ali com ele. Essa foi a primeira vez que eu o vi corar, mas ele foi rápido. Ele disse bem na minha cara que tinha gostado muito de mim e que eu era bonita e sexy. A pergunta seguinte que saiu da minha boca me fez corar como louca, logo que eu percebi que eu tinha dito…”Você faz isso com freqüência?” Eu perguntei a ele. Por alguns segundos, Michael não disse nada e eu estava com tanto medo de ter arruinado tudo, mas então ele começou a rir e eu suspirei aliviada.”Não, não muito frequentemente.” Ele disse sem expressão e, em seguida, ele acrescentou: “Quero dizer, você sabe que eu sou casado ainda assim é um pouco difícil.” Fiquei impressionada com a sua sinceridade, eu senti que eu poderia perguntar-lhe qualquer coisa e foi o que eu fiz. Perguntei a ele sobre seu casamento, sobre seus filhos e um monte de coisas pessoais. Ele me respondeu sem restrições. Ele me disse que não amava a Debbie e que seu casamento estava prestes a terminar, mas que por enquanto ela ainda era sua esposa e mãe de seus filhos e que ele tinha de respeitá-la e que por isso momentos como esse que estávamos passando eram muito raros. Ele me disse um monte de coisas e isso me fez perceber o quão normal e humano ele era…Como ele também cometia erros, como ele também buscava por pequenos prazeres na vida, como ele também era feito de carne e osso. Para encurtar a história, eu acabei fazendo amor com Michael, é claro. Não uma única vez, nem duas, mas três vezes naquela noite e mais duas vezes na manhã seguinte, e mais uma à tarde. E deixe-me dizer-lhes que aquelas horas foram as mais maravilhosas qiue tive e a melhor experiência sexual de toda a minha vida. E não porque ele era o Michael Jackson, mas porque ele foi realmente um grande amante, tão quente e sexy, tão apaixonado e amoroso, tão carinhoso, tão atencioso e acima de tudo, tão experiente, simplesmente fantástico! Eu sei que, provavelmente, até agora todos vocês que estão lendo meu testemunho, estão em estado de descrença, mas acredite em mim, esta é toda a verdade e nada além da verdade. Michael Jackson era um homem normal que gostava de ter um pouco de prazer e ficar afastado de tudo de vez em quando. Eu não vou mentir e dizer agora que foi amor à primeira vista, como nos contos de fadas e que depois dessa noite acabamos juntos até que a morte nos separasse, eu não vou dizer que Michael se apaixonou por mim ou que manteve sempre contato, Infelizmente para mim, não. Não foi assim.Depois daqueles momentos que se seguiram Michael saiu da cidade e no caminho ele me deixou em casa. Nós nos beijamos mais uma vez na limousine em frente à minha casa, ele agradeceu novamente pela noite maravilhosa e eu fiz o mesmo e depois nos separamos.

Agora, não me interpretem mal, eu não estou dizendo que Michael foi rude ou insensível ou nada menos do que um cavalheiro, Não. Ele tentou me explicar naquela noite que passamos juntos, nós não dormimos nem por um minuto, conversando, ele disse para mim que sua vida era muito complicada e que, mesmo que ele desejasse, ele não seria capaz de manter contato comigo. Ele me pediu para compreendê-lo e não julgá-lo e ele também me prometeu que ele nunca iria esquecer de mim. Não vou dizer que eu não estava me sentindo louca de paixão por ele naquele momento e que eu não teria gostado de ficar com ele para sempre, mas eu entendi que não era apenas possível, e eu estava bem consciente de que tudo o que aconteceu naquela noite aconteceu com a minha total aprovação e desejo e não havia ninguém para eu culpar ou julgar. Eu estava me sentindo abençoada por essa oportunidade, mesmo que fosse apenas por uma noite.
Enfim, num breve momento eu pensei e senti aquilo que Michael me prometeu: que ele nunca iria me esquecer .
Eu perguntei-lhe uma coisa que estava me incomodando. Eu disse: “Michael, por favor, você lembra do meu nome?”
Veja bem, eu não vou dizer que eu era uma santa, mas eu também não era muito ousada e não estava acostumada a ser companhia de apenas uma noite e eu queria imaginar que em algum momento ele poderia lembrar desta noite, mas não o meu nome e ele iria pensar: “Ohhh, que grande noite que passei com aquela morena, mas, Deus qual era mesmo o seu nome?”
Isso me assustou tanto que eu tive que perguntar a ele quase com lágrimas nos olhos.
Ele foi tão simpático e doce. Logo depois que eu perguntei e que eu percebi que estava prestes a chorar eu fiquei com medo de novo de ter estragado tudo e jogado a noite fora, que ele só iria pensar que eu sou outra fã enlouquecida e que ele ia me mandar embora num instante.
Em vez disso, ele foi tão gentil. Ele me prometeu que lembrava do meu nome sim e em seguida, ele me abraçou e disse baixinho o meu nome, e logo em seguida disse: “eu não quero que isso soe como um clichê, mas eu acredito no destino e em Deus. E se Deus tem algum plano a mais para nós dois, com certeza os nossos caminhos se cruzarão novamente. “Ele disse isso, provavelmente,para me confortar ou talvez ele realmente acreditasse nisso, quem sabe?
O importante é que ele foi inteligente o bastante para me confortar, e que isso só prova o homem especial que ele era.
Enfim, 2 dias depois bateram na minha porta muito cedo de manhã. Ao abrir a porta, um cara muito grande e negro vestindo terno preto estava parado na minha porta de entrada, segurando um buquê de flores grandes e um bilhete. Ele me entregou e saiu sem dizer nada mais do que um adeus. No bilhete estava escrito “Obrigado pelos momentos maravilhosos Mary.” Não foi assinado, mas eu soube imediatamente que foi ele quem as enviou.
E este parecia ter sido o fim da história. Então, dois anos mais tarde, bateram na minha porta novamente. E mais uma vez um cara alto e negro estava em pé na minha porta com um buquê de flores e um envelope. No envelope havia 5 bilhetes VIPS para o “Michael Jackson’s 30th anniversary special” e uma nota que dizia: “Eu espero que você seja capaz de ir Mary” E, desta vez, foi assinado com suas iniciais, MJ. Para ser honesta, eu chorei quando vi que ele ainda se lembrava de mim como prometeu, que ele ainda lembrava onde eu morava e que, mais importante, ele lembrou do meu nome. É claro que eu planejava ir ao concerto mas, infelizmente, três dias depois de receber os convites, minha mãe faleceu. No meio de tanta dor e do funeral eu não pude ir ao show. Depois de alguns meses fiquei olhando os bilhetes VIP’s nas minhas mãos e decidi que tinha que encontrar uma maneira de dizer ao Michael o que aconteceu e por que eu não fui capaz de ir ao show. Após uma série de dias em busca de um endereço ou um e-mail, eu finalmente encontrei uma maneirade de enviar uma cartinha a ele onde nela disse tudo o que aconteceu comigo.
Meses se passaram e então eu tive uma resposta. Mais uma vez bateram na minha porta e um homem negro segurava um envelope e uma única rosa branca. Dentro do envelope estava uma pequena carta do Michael, com sua própria letra escrito a mão em que ele expressava suas condolências pela perda da minha mãe e ele contou um pouco sobre sua vida também, e de como ele estava feliz por eu ter escrito para ele. E outra vez ele me prometeu na carta que ele iria lembrar de mim, do meu nome e dos bons momentos que compartilhamos um dia. Eu escrevi de volta para agradecer a atenção que ele estava me dando, mas infelizmente eu nunca recebi uma resposta de volta e eu pensei: Isso é tudo.
E então, veio todo aquele inferno em 2005 e eu senti que tinha que deixá-lo saber que eu estava torcendo por ele e que eu não acreditava em qualquer uma das coisas estúpidas que a mídia estava dizendo. Eu escrevi-lhe uma carta muito longa e voltou um simples bilhete dizendo apenas “obrigado Mary!” Você vê, este simples bilhete significou mais pra mim do que tudo, ele me impressionou muito. Com tudo o que tinha em sua mente, toda a desgraça ele ainda teve tempo para responder-me e ele novamente demonstrou que ele lembrava de mim… Apesar do tormento, que ele estava vivendo naqueles meses, ele encontrou em seu coração um minuto para me mostrar que ele se importava em me responder…
Em seguida, do julgamento acabou que ele foi embora do país e eu sabia que não havia mais nenhuma maneira de entrar em contato com ele novamente. Eu acho que Deus escolheu para surpresa do mundo inteiro, levar o Michael muito cedo e tão bruscamente.
Chorei muito naquele dia que eu descobri que ele tinha partido.
Chorei muito nos dias que se sucederam e eu ainda choro às vezes quando eu lembro dele e dos nossos breves momentos juntos e eu peço a Deus para me dar a chance de vê-lo mais uma vez um dia.
Parece que o destino não tinha mais nada para nós, parece que não fomos feitos para estarmos juntos, parece que Michael estava certo mais uma vez. Tudo está nas mãos de Deus.
Portanto, esta é a minha história. É uma história verdadeira que eu queria compartilhar com todos os fãs de Michael para fazê-los compreender de uma vez que ele era mesmo muito bonito, carinhoso, prestativo, agradável, bondoso e amoroso e que ele valorizava e respeitava as pessoas, e que ele não era um santo, ele não era perfeito. Ele era apenas um cara, com as necessidades normais e falhas.
Uma coisa que ele me disse naquela noite que não me esqueço: “Mary este sou eu.”Este é quem eu sou, como você me vê agora. Um cara que foi casado e divorciado, um cara que casou-se novamente para um acordo, um cara que trai sua mulher de vez enquando, apenas um cara normal. Eu prefiro que as pessoas me chamem de alguém que comete erros do que de estranho. Eu prefiro que eles me julguem por isso e não por uma desordem de pele. Eu não pedi que alguns boatos estúpidos e mentirosos se espalhassem. ”
E é isso que eu quero fazer agora por ele, deixar que o mundo conhecesse a minha história e saiba que ele era normal. Eu náo usei meu nome verdadeiro, não quero publicidade, não estou atrás de dinheiro e nem tampouco perderia o meu tempo aqui contando mentiras.Quem sabe agora, as pessoas parem de chamá-lo de estranho e comecem a chamá-lo de humano!“Mary”Fonte: MJJ Secret Lovers

Fonte: Mulher Pobre


avatar
byanca jackson
membro
membro

Mensagens : 4100
Pontos : 38994
Data de inscrição : 29/04/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

http://www.michaeljacksonteamamos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Michael Jackson x Mary (dado como fato verídico)

Mensagem por liberian angel em Ter 19 Jul - 14:56:40

É MINHA GENTE! FELIZ DA MARY,OU SEI LÁ COMO ELA SE CHAMA!
ELA QUE PENSA QUE DEUS NAO TINHA UM PLANO PRÁ ELA!O CONTATO QUE TIVERAM JÁ FOI UM PLANO E TANTO!
EU ACREDITO NA HISTORIA DELA E ME SINTO ORGULHOSA POR AMA-LO E DEFENDO-LO SEMPRE QUE FOR PRECISO!

liberian angel

Mensagens : 2
Pontos : 22542
Data de inscrição : 19/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Michael Jackson x Mary (dado como fato verídico)

Mensagem por CecíliaBad em Qui 15 Set - 14:29:47

é vai ter gente que não vai acreditar....

eu acreditei... agora fala sério Mike seu danado, que fôlego heim amor??
avatar
CecíliaBad
Thriller
Thriller

Mensagens : 104
Pontos : 24336
Data de inscrição : 01/02/2011
Idade : 27
Localização : SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Michael Jackson x Mary (dado como fato verídico)

Mensagem por anjinho do michael em Sex 16 Set - 16:40:28

michael que fôlego
avatar
anjinho do michael
membro
membro

Mensagens : 190
Pontos : 25304
Data de inscrição : 13/11/2010
Idade : 27
Localização : caldas novas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Michael Jackson x Mary (dado como fato verídico)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum