Oi Fãs de michael jackson!
Sejam muito bem vindos e sintam - se a vontade, cadastre - se e tenha acesso ao Fórum por completo

Aqui somos uma familia!!!

Decifrem a lenda nunca desvendada, o rei nunca superado, Michael joe jackson



ass: administração You Are Not Alone

Fan Fic- You are My Life.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fan Fic- You are My Life.

Mensagem por Cleide Jackson em Qua 25 Maio - 22:32:08

Cap. I





Eu me chamo “Wendy”, sou uma mulher bem sucedida,
uma corretora de imóveis, de renome no Brasil e no mundo. Mas, atualmente, trabalho
na sede, em Los Angeles (Califórnia).



Os EUA por muito tempo significou a
terra das grandes possibilidades e por esse motivo, eu quis fixar a minha
residência aqui, estar perto das grandes empresas e estar perto de onde realmente,
as coisas aconteciam.



Meu escritório é lindo, com uma
decoração arrojada, em tons clean, amplas janelas, muita planta. Pois, eu amo a
natureza e quando me sinto muito estressada, paro em frente, de meu pequeno
jardim de inverno e dali retiro energia suficiente, para trabalhar o resto do
dia.



_Wendy! Vejo, Sara a minha secretária, entrando
esbaforida na minha sala.



_Bom dia, para você também, Sara. Qual a
razão, de tanta pressa?



_Acho, melhor você se sentar, senão vai cair,
com a notícia que eu tenho para te dar.



Sara, além de muito competente, era a
minha melhor amiga e me conhecia apenas com o olhar. Sentei um pouco impaciente,
pois sou humana e nem sempre estou de bom humor, pela manhã.



_John Casablanca, advogado de Michael Jackson,
acaba de ligar e pediu insistentemente, que você retornasse a ligação, para
marcarem um encontro, pois o astro quer comprar uma mansão.



_Ah, Sara! Peça para Richard
recepcioná-los, eu não tenho a mínima paciência e tempo para atender os
caprichos de um homem mimado como MJ, que decidiu não crescer e viver na Terra
do Nunca.



_Richard, nunca fez esse tipo de
transação e se enfiar os pés pelas mãos pode prejudicar o nome do nosso
escritório.



_Está bem! Você, já me convenceu, me dá
o cartão desse John Casablanca.






Cap. II


O destino nos prega tantas peças, na
minha adolescência, dancei muito, ao som das músicas dele. Já chorei, embalada com
músicas lentas, I’ll be there, Music and Me...



Mas, a possibilidade de estar com ele, cara
a cara, ouvir aquela voz angelical me incomodava. E nem sei o porquê, comecei a
procurar um DVD, que eu tinha comprado e jogado numa gaveta qualquer.



Michael Jackson em Munich. Deus me
perdi, naqueles olhos... Agora, ele dançava “Human Nature”. E era impossível...
Não admirar a sensualidade que emanava dele.



Michael começa a cantar: “I don’t stop
loving you e eu sinto meu coração saltar dentro do peito, põe a mão, na coxa de
Siedah Garret e eu desligo o DVD.






Cap III.


Tomei um banho, para tirar o cansaço do
dia e fui me deitar. De imediato, me vi transportada, para aquele show em
Munique.



O barulho era insurdecedor... Ouvi
Michael, incitando a platéia;



_Como vcs, estão?Uhuuuuu... Uhuuuu!Dando
o seu grito tão característico.



A platéia estava em êxtase, agora o
assistente de palco, escolheria uma pessoa da platéia, eu me vi,lá na primeira
fila,cantando,chorando,querendo estar com ele.



De repente, ele me perguntou:


_Você ama Michael, de verdade? Com todo
o coração?Venha, essa é a sua chance.



Agarrou-me e me pos no palco. Michael
cantava o refrão de “You are not Alone”. Agora!



Michael olhou docemente, me estendeu a
mão,eu o abracei,sentindo aquele perfume inconfundível, em desespero eu falava
em seu ouvido:



_I
Love you! You are my life.



_ok,
Darling. I Love you more.
Beijei-o
e ele correspondeu…



Cap.IV


Acordo, com o toque insistente do meu
celular.



_Srta.Wendy?-uma voz, muito firme e educada,
falava do outro lado da linha.



_S-Sim, quem fala?


_John Casablanca!


Nossa, eu tinha esquecido, Sara havia me
dão o cartão, mas com muita má vontade, joguei dentro da bolsa e lá ficou.



_O Sr.Michael Jackson, pediu-me que
entrasse em contato, pois deseja comprar uma mansão para passar os fins de
semana e fez uma exigência, quer que a Srta, seja a corretora responsável.



_Sr.John, eu não visito mais, as casas
com os clientes, há pessoal qualificado para isso, se quiser posso citar nomes.



_Se não for a Srta, nada feito!


Cap.v


Só me faltava essa! Ser babá, de um
astro, cheio de manias e pitis. Liguei para Sara, para ver se a mesma tinha uma
solução para essa enrascada.



_Sara, o que faço amiga? O Sr.John me
ligou e disse que MJ, se nega terminantemente, a fazer negócio, com nossa
agência, se eu não for a corretora.



_Wendy, você terá que aceitar, estamos
com sérios problemas financeiros e mais do que nunca necessitamos de
publicidade e bons negócios para nos reerguermos. Michael Jackson, não é problema,
é a solução!



Liguei para o Sr.John e marquei o tão
esperado encontro, para a manhã seguinte.



Cap.VI.


O mundo dos negócios é feito de altos e
baixos e a luta por boas contas, quer dizer clientes, é quase uma luta pela sobrevivência,
eu tinha, mesmo sem querer, ciceronear MJ e fazê-lo comprar a maior e mais cara
mansão de L.A.



Cheguei ao escritório ás 10:00 hs e não
pude deixar de reparar,o alvoroço,que estava ali,pessoas corriam,entregadores
chegavam, o pessoal da limpeza,aspirava e perfumava o ambiente.



Fui para a minha sala, sentei e fechei
os olhos para relaxar, Sara aparece na porta e diz:
_Ele chegou.



Michael, pessoalmente é infinitamente sedutor,
tem cabelos negros brilhantes, corpo atlético e o sorriso capaz de iluminar o
mundo inteiro.



_Bom dia, Wendy. Como vai você?-ouvi uma
voz angelical me perguntar.



Me perdi,naqueles olhos...Me inebriei
com o seu perfume,tive uma vontade louca,de me agarrar a ele e dizer:
_Ama-me!.



_Bom dia, Sr.Jackson. Muito prazer me
chamo Wendy.



_Wendy, é amiga de Peter Pan, você será
fiel a mim, quanto ela?



_Sr.Jackson, não nos conhecemos e estou
aqui para levá-lo, a várias mansões e eu espero que sejam de seu agrado.



Dito isso, Michael agarrou a minha mão e
muito educadamente me conduziu a sua limusine.



_Quero uma casa ampla, com belos
jardins, espaço para um estúdio e crianças poderem brincar.



_O Sr., é casado?


_Não... Mas, estou certo que logo
encontrarei a mulher que preciso e que me fará feliz e me dará filhos.



_Bem, Sr.Jackson, chegamos.


A mansão era magnífica, em estilo vitoriano,
com vários quartos, piscina aquecida, sala de jogos, cinema particular. Michael
Jackson entrou e se encantou com o que viu: a sala ampla, extensa biblioteca,
enfim, tudo, como ele sonhara.



_Wendy?


_Sim, Sr.Michael?


_Vc, se importaria, de acompanhar-me em
um drinque?



_Mas, o Sr.,não bebe!


_Por favor, não sou um grande apreciador
de bebidas, mas hoje a ocasião é especial.



O magnetismo,que ele exercia,estava no
ar e como ele estava lindo. Cabelos acima dos ombros, calça preta, blusa branca...
Meu sangue fervia.



Pegou a garrafa de vinho branco, encheu
nossas taças e foi chegando, como um felino, me observando, me prendendo,me
entregou a taça, eu sorvi um gole, quase sem ar, devido à excitação que eu já
sentia.



Ele agora me encarava, eu vi um brilho
incandescente naqueles olhos, respirava com dificuldade.



_Wendy... Ouvi-o me chamar. Mas, inultimente,
eu tentava sair do lugar, ele se chegou a mim e falou:



_Eu preciso fazer amor com você,
senti-la, disse isso e jogou a taça no chão e a fez em mil pedaços.



Beijava meu rosto, a testa, os olhos, a
boca foi desenhando com a sua língua, insistente, até que eu a abrisse,
sedenta, ardendo de desejo.



_Michael, nós... Não podemos...


_Wendy, minha Wendy, esquece o mundo lá
fora, deixa eu te amar.



Senti a urgência de seu desejo, ao sentir
a sua masculinidade, encostada a mim e os seus gemidos, cada vez mais altos.



Sua boca,percorria agora o meu pescoço,suas
mãos deslizavam,apertando,excitando, descobrindo. E ao encontrar o centro da
minha feminilidade, gemi,como se sentisse,que meu coração fosse explodir, a
qualquer momento.



Michael me pegou no colo, rasgando a
última barreira que nos impedia de consumarmos o nosso desejo. E, me penetrou.



Calando a minha boca, com um beijo, enquanto
fazia movimentos de vai e vem deliciosos, como se quisesse me torturar.



_Oh, Michael...Michael...


_Oh, my girl, você é minha, quero, amar
e ser amado. Está gostando?



Eu mal podia responder, inebriada, de
tanto amor.



Cap.VII


Depois do amor, Michael continuou me
beijando e me pediu:



_Eu quero vê-la de novo.


_Michael, eu temo não ser possível, não
quero ser mais uma na sua vida. Apenas, um prazer de momento.



_Wendy, eu a quero, para a vida inteira.


_Como Tatum O’Neal, Brooke Shields, Lisa
Marie Presley?



_Não... Michael quero ser amada, todos
os dias, quero acordar e sentir você ao meu lado.Você é um ícone da música
mundial,não terá tempo,para uma desconhecida do show biz,como eu.



Dizendo isso, senti vergonha da minha
fraqueza, de me entregar tão rápido e sem pudor a ele, saí dali, engasgada pela
humilhação.



_Wendy... Vc conquistou meu coração e a
minha alma. Michael murmurou, mas eu não ouvi.



Cap.VIII


Depois do ocorrido, passei a evitar
qualquer contato com Michael, deixei ordens expressas, no escritório, para que
não me passassem qualquer ligação ou de Michael ou de John Casablanca.



Sara, percebendo o meu estado lastimável,
entrou na minha sala e foi falando na lata:



_Wendy... Você está apaixonada por Michael,
não está?



Levantei da minha mesa e a abracei entre
soluços dizendo:



_Desesperadamente... Mas, não temos nada
em comum, nossos mundos são como água e vinho.



_Querida, Michael a ama!Nesses dias, tem
ligado,posto a todos nós,loucos,para tentar falar com você,se isso,não é amor,é
o que então?



_Desejo, só isso...


Cap.IX


Michael andava nervosamente, de um lado
para outro, no seu escritório. Tentando, encontrar uma forma, de quebrar as
barreiras, que Wendy por insegurança, colocara entre eles.



_Ah, minha Wendy... Se vc soubesse, como
a amo, a desejo e o quanto vc é especial para mim.



_John?Por favor, preciso de sua ajuda.





Cap. X


_Michael, o que foi desta vez?Mais, um
desejo, que não pode esperar até amanhã?



_John, preciso e quero vê-la. Quero que
vc reserve o uma suíte no Hotel Hilton. Quero fazer uma surpresa!



Ao terminar, meu expediente, fui para a
garagem, a fim de pegar o meu carro, quando fui interrompida por dois
brutamontes.



_Srta.Wendy Willians, disse o
grandalhão.



_Sim, o que quer comigo?


_O Sr.Jackson, pediu que a Srta nos
acompanhasse, até o Hotel Hilton.



_Não vou, diga a seu chefe que...


_Não aceitamos, desculpas, por favor,
nos acompanhe.



Entrei na limusine, com o coração aos
pulos e temendo o que podia me acontecer.



Chegando ao hotel fui muito bem recebida,
os recepcionistas, o gerente, pareciam me conhecer a séculos e me enchiam de
atenções.



Aquilo, era muito estranho, me levaram
até a suíte presidencial, entrei, a cama estava forrada, com pétalas de rosas, numa
mesinha ao lado, havia um balde de gelo e uma garrafa de champanhe, na
temperatura exata.



Abri o guarda-roupa, havia no cabide um
vestido digno de uma rainha: vermelho, com decote profundo, com acessórios de
igual beleza.



Fechei-o, abruptamente... Sem entender,
o que Michael pretendia com isso.



Cap.XI.


Ás 19:00 hs,recebi um telefonema da
recepção,que me daria as instruções finais.



_Quarto 201? Perguntava à recepcionista.


_Sim, é do quarto 201, em que posso
ajudá-la?



_Srta Wendy Willians, o Sr.Michael, pede
que a Srta.esteja ás 20: 00 na piscina.



Michael brincava comigo, como um
predador ao seduzir a sua presa. O que não tem jeito, remediado, está.



Tirei a roupa e fui tomar um bom banho
de banheira.



Cap.XII


Desci as escadas, ás 19h30min,
pois eu não sabia, muito bem, onde ficavam as dependências daquele hotel.
Parecia estar mais vazio, deve ser a minha imaginação.



Ao entrar, na área da
piscina, não pude evitar um grito de satisfação. O rei do pop, realmente sabia
como fazer as coisas, havia mandado preparar uma grande tenda, no estilo
indiano, cheio de almofadas, incensos, variedades de frutas.



Ao chegar, pediram-me, que
eu tirasse minhas sandálias e entrasse na tenda.



_Demorei? Ouvi Michael dizer
e ao olhá-lo, não pude disfarçar meu encantamento. Estava vestido, como um
tuaregue do deserto, calça pantalona preta, blusa preta aberta no peito, na
cabeça um turbante, deixando á mostra, apenas aqueles lindos e expressivos
olhos castanhos.



_Pontual, como um relógio, o
que significa tudo isso, Michael?



_Cansei, de brincar de gato
e rato, com você, decidi usar outra estratégia. Telefones podem deixar de ser atendidos,
encontros podem ser desmarcados. Mas, o sentimento, o prazer, não dá para
ocultar.



Ao ouvir isso, a minha
dignidade feminina, ardeu em mim.



_O que vc,pensa que
é...Oh,grande rei do pop,o dono das pessoas?Vc,pensa que pode usá-las ao seu
bel prazer?



_Wendy, vc me quer, eu vejo
isso nos seus olhos,quando seu coração bate,na mesma batida do meu.



_Isso, não é amor! É sexo! E
isso, vc pode ter com qualquer uma.



Michael agarrou as minhas
mãos e me disse:



_Wendy, é amor. Já, não
consigo mais disfarçar as emoções. Minha mente, meu corpo, meu coração, estão
com você. Deito, na cama, é seu nome, que eu chamo.



Eu, já sentia as minhas
pernas bambas, inebriada com seu perfume, sem ter forças, para resistir,fomos
nos entregando,colando nossas bocas, nossos corpos, dizendo coisas desconexas,o
que importava,era aplacar aquele fogo que nos consumia.



Michael, havia me deitado,
na tenda, beijava insano, os meus seios, beijava-os, mordia-os, sugava-os,
alisava as minhas pernas, procurando o centro da minha intimidade, e ao
encontrá-lo, saboreava-o, como a uma fruta madura e doce.



E eu gemia, como uma fêmea,
despudorada pedia, que me amasse,que me consumisse,arranhava-o, chamava-o, no
meu prazer.



_Michael, you are my life.Te amo


__Wendy, não me deixe. Sem
vc, não respiro. Não sou eu mesmo. Please, fica comigo.



Michael, me enlouquecia, com
seus gemidos, com seu amor, mais eu sabia, que a mídia, o seu mundo, não nos
deixaram viver esse amor. Era puro demais... E o mundo tinha resolvido
crucificá-lo e fazê-lo apenas sofrer.



Cap.XIII


_E então, Wendy, MJ, gostou
de alguma mansão- me perguntava Sara, ansiosa.



_Sim, escolheu, uma bem
espaçosa, talvez, uma réplica de Neverland, disse eu, sentindo um arrepio de
alto a baixo, ao lembrar daquele noite de amor.



_Não creio... Michael, desde
que Neverland foi invadida e desrespeitada pela polícia, decidiu, sair dela,
por julgar que o seu santuário estava profanado.



Pobrezinho... Eu me recordava
daqueles olhos, cheios de dor,pedindo,suplicando por misericórdia, que todos
dessem a ele, o direito de ser julgado e de se defender, como todo cidadão
americano, tinha direito.



Foi inocentado. As fãs o aclamaram,
fizeram vigília na porta do julgamento. Michael saiu, sorrindo, acompanhado por
parentes e amigos e fez o “V”,de vitória.






Cap.XIV


Não o vi, mais desde aquela
noite e conclui muito triste, que ele havia, percebido, que eu não era a
parceira ideal para ele.



À tarde, foi normal, como
todas as outras, só com uma diferença, eu já não era a mesma e sentia falta, do
meu anjo dançarino.
Findo o expediente, corri para casa, a fim de sofrer sozinha e chorar toda
aquela dor. Batidas, na porta, me puseram em alerta



_Calma... Já vou!


Michael... Fitava-me, eu mal
podia crer, mas era real.



_Oi Wendy, não pude ficar
longe, posso entrar?



Parecia indeciso, se entrava
ou não, devido a minha agressividade, mas, resolveu entrar, indo sentar no
sofá.



_Eu tenho estado sumido, mas
infelizmente, não consegui tirar vc, daqui de dentro. Colocou as mãos no peito,
indicando o coração.



_Vc, deve ter encontrado,
outra do seu próprio mundo para se divertir.



Michael ergueu-se e levantou
o meu queixo e leu em meus olhos, a dor e o ciúme que eu sentia.



_Não há outra, porque quero
somente a você.



_Mentira.


_Wendy... Olha para mim,
agora as suas mãos apertavam meus braços, gemi de dor.



_Como se atreve duvidar do
meu amor? Tenho faltado a compromissos, tenho ensaiado muito pouco, John, já
não sabe mais, como agir comigo.



_Problema seu! Não tenho
nada a ver, com a sua vida.



_Tem, tudo a ver, vc é a
minha vida.



Não sou de ferro e ao ouvir
essas palavras, colei a minha boca na sua, como uma náufraga a busca de
salvação.



_Ah, girl. You are my life, forever.


_Sim, minha vida, serei sua
para sempre.



.Fim








­


















Cleide Jackson

Mensagens : 9
Pontos : 23747
Data de inscrição : 22/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fan Fic- You are My Life.

Mensagem por byanca jackson em Qua 25 Maio - 23:17:10

Cleideeeee Adoreiiiiiiiiiiiiiiii Very Happy


avatar
byanca jackson
membro
membro

Mensagens : 4100
Pontos : 39604
Data de inscrição : 29/04/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

http://www.michaeljacksonteamamos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fan Fic- You are My Life.

Mensagem por CecíliaBad em Qua 1 Jun - 17:24:09

awwwww arrasou criança..............
avatar
CecíliaBad
Thriller
Thriller

Mensagens : 104
Pontos : 24946
Data de inscrição : 01/02/2011
Idade : 27
Localização : SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fan Fic- You are My Life.

Mensagem por anjinho do michael em Qua 8 Jun - 7:37:29

ameiiiiiiiiiii Very Happy
avatar
anjinho do michael
membro
membro

Mensagens : 190
Pontos : 25914
Data de inscrição : 13/11/2010
Idade : 27
Localização : caldas novas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fan Fic- You are My Life.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum