Oi Fãs de michael jackson!
Sejam muito bem vindos e sintam - se a vontade, cadastre - se e tenha acesso ao Fórum por completo

Aqui somos uma familia!!!

Decifrem a lenda nunca desvendada, o rei nunca superado, Michael joe jackson



ass: administração You Are Not Alone

Julgamento Conrad Murray: sexto dia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Julgamento Conrad Murray: sexto dia

Mensagem por byanca jackson em Qua 5 Out - 23:31:36



Boa Noite!

Como vai amados?

Desculpa a demora para realizar este post, mas estive um problema pessoal sério.

Eu estive acompanhando o sexto dia do Julgamento de Conrad Murray, e HOJE mais do que nunca não precisamos de muito esforço para ver o que está óbvio: uma encenação!

Como um passe de mágica agora Nicole Alvarez é definida como atriz, sendo que até ONTEM ninguém falava sobre isso. A garota realmente conseguiu ser a atração dia. Algo que definitivamente era o objetivo dela.

Quem acompanhou o Julgamento e a testemunha de Nicole Alvarez, não tem dúvidas sobre o seu show de caras e bocas, sobre suas respostas tão vazias, e sobre a sua tentativa em conseguir ser mais importante do que Michael Jackson

Tanto é que TMZ aproveitou o momento, para tirar “sarro” das poses e sorrisos de estrela de Nicole Alvarez:

“Pronta para seu close!

“Sexy”



A mãe do filho de Conrad Murray esteve enfrentando o seu maior teste hoje.

Nicole Alvarez – um ex-striper de Las Vegas, e que conheceu Murray em 2005 – abriu o seu grande sorriso durante seu depoimento

FONTE: TMZ

Desculpa, mas eu ri!

“A mãe do filho de Conrad Murray esteve enfrentando o seu maior teste hoje..”

= encenação

TMZ, TMZ..sempre TMZ!

O que eu disse acima? Até ONTEM ninguém falava sobre a profissão de Nicole Alvarez, e agora ela aparece praticamente “encenando” diante das câmeras.

Ironia da TMZ?

Resposta errada!



Então vamos lá!

Afinal ter três namoradas, dar atenção para as três em um único dia, e ainda cuidar de Michael Jackson, não é para qualquer um. Você precisa ser Conrad Murray.

Stancey Ruggle: colega de Murray



A Corte Superior do condado de Los Angeles iniciou mais um dia do julgamento do Dr. Conrad Murray, no qual ele é acusado de homicídio culposo – quando não existe a intenção de matar – pela morte de Michael Jackson

A primeira testemunha a ser ouvida foi Stacey Ruggle, uma funcionária de um dos consultórios do médico particular de Michael. Ela trabalhou com ele em 1997 e confirmou que conversou com Dr. Conrad por cerca de oito minutos na manhã de 25 de junho de 2009, dia em que o cantor morreu.

[..]

Oh God!

Com quantas pessoas Murray falou no dia 25 de Junho de 2009?

É impressionante isso!

A mulher trabalhou com Murray em 1997, mas por “coincidência” ele ligou para ela justo no dia da morte de Michael?

Gosto de ver a seriedade no rosto das pessoas.

Por que tão sério?

Mais uma amiga para ajudar a inocentar ele.

Michelle Bella: primeira namorada de Murray




A segunda a depor foi Michelle Bella, uma das mulheres que se envolveu com Dr. Conrad. Ea confirmou que o conheceu em um clube de Las Vegas e deu a ele seu número. Ela disse que mandou mensagens ao médico na manhã de 25 de Junho e que ele tinha deixado para ela uma mensagem de voz 9 dias antes da morte de Michael Jackson, se identificando como médico dele.

“No dia 25 eu mandei uma mensagem para ele perguntando ‘Oi, como vai?’ e ele retornou com uma ligação falando que estava tudo bem. Aí eu disse: ‘então deixa eu falar sobre o meu dia’ e contei a ele sobre o meu dia”, falou. “O Dr. Conrad Murray me deixou uma mensagem de voz 9 dias antes de Michael Jackson morrer. Ele se identificou na mensagem como o médico dele”, comunicou ao júri.

Outra que por “coincidência” ressurgiu das cinzas, e manda mensagem para Murray justo no dia 25 de Junho de 2009.

FOCO!

“…ele tinha deixado para ela uma mensagem de voz 9 dias antes da morte de Michael Jackson. No dia 25 eu mandei uma mensagem para ele perguntando “Oi, como vai?”

O médico de Michael Jackson está te “paquerando”, você deu seu número para ele, e espera 9 dias para responder o cara?

Responde justo no dia da morte de Michael.

Ai!

Sade Anding: segunda namorada de Murray




A terceira testemunha foi a garçonete Sade Anding, com quem Murray saia frequentemente. Em seu breve depoimento, ela contou que conversou com o médico ao celular no momento em que o músico começou a tossir no dia 25 de junho de 2009. Ela contou aos jurados que estava conversando normalmente com o médico antes da tosse e o barulho se intensificarem. A partir de então o médico não respondia mais ao diálogo.

Sade declarou que Murray ligou no dia 25 de junho de 2009 e, após uma troca de saudações, ela começou a contar como estava sendo seu dia, porém, o médico já tinha deixado de escutá-la.

“Ouvi ruídos, barulhos e tosse”, disse Sade, que após alguns minutos tentando falar com Murray, desistiu por não obter resposta.

A testemunha, que conheceu o médico quando trabalhava como camareira no Texas, informou que foi incapaz de identificar a origem dos sons do outro lado da linha, e se a tosse era do doutor ou de outra pessoa.

Segundo os analistas, o testemunho de Sade mostrou o momento em que Murray – que passava as noites na casa de Jackson, onde administrava seus medicamentos para dormir – percebeu pela primeira vez que seu paciente tinha problemas.

Entre a conversa de Murray com Sade e a ligação para os serviços de emergências efetuadas pelo guarda-costas do artista, Alberto Álvarez, passaram apenas 30 minutos.

“..passaram 30 minutos..”
Interessante..

Você sabe quantos minutos um médico tem, para salvar um paciente que está sofrendo parada cardiaca?

7 minutos!

Agora me acompanhe em um jogo de 7 erros?

12: 20 Alvarez ligou para o 911 certo?

Levando em consideração o tempo de “7 minutos” que uma pessoa resiste, e já que 12:20 ele ainda estava “vivo”, Michael teria começado a passar mau no horário de 11:13.

Caso contrário, Alvarez mentiu ao dizer que 12:20 ligou para o 911.

Consegue me acompanhar?

12:18 Alvarez disse que entrou no quarto, e viu que Murray estava socorrendo Michael, MAS tendo como base os “7 minutos”, Michael ainda teria apenas 2 minutos para ser socorrido antes de morreru

11:13 + 7 minutos = 12:20 (horário certo que ele deveria ter morrido)

12:20 ele liga para a ambulancia

É aqui que entra a contradição!

11:13 + 7 minutos = 12:20

Então no horário de 12:20 Michael Jackson já deveria estar morto, e sendo assim observamos o equívoco ao afirmarem que 12:20 eles estavam socorrendo Michael com ajuda do 911

1:07 ambulância sai da casa de Michael, e os paramédicos afirmaram que levaram 47 minutos tentando ressuscitar ele.

Impossível!

Um paciente que sofre parada cardíaca morre em 7 minutos, então se 12:20 + 47 minutos = 1:07 da tarde (horário que eles sairam), 12:20 Michael já estaria morto!

E se Michael não começou a passar mau 11:13?

Então eles estariam mentindo de qualquer jeito, pois se APÓS 12:20 o 911 chegou a casa de Michael, eles estariam se contradizendo ao dizer que socorreram ele por 47 minutos, pois se uma pessoa resiste 7 minutos, 47 minutos seria MUITO TEMPO de socorro! Entendeu? E eles afirma que Michael já estava morto..

Socorrendo um morto..

Entendeu?

Todo mundo resolveu ligar para Murray no dia 25 de Junho de 2009!

Nicole Alvarez: terceira namorada de Murray (e também a nova estrela de Hollywood)



Nicole conheceu o médico no clube Crazy Horse de Las Vegas, onde ela era dançarina. Nesta época, Nicole passou a conviver com o medico em Los Angeles, quando Murray já era médico pessoal de Jackson.

Murray ligou para Nicole quando ele ainda estava na ambulância com Michael Jackson rumo ao hospital. Murray teria ligado para alertar sua “namorada” da situação, afirmando que “não havia motivos para se preocupar”, segundo disse a mulher.

Nicole também afirmou que tinha planos de viajar com Murray para Londres, onde o médico iria cuidar de Jackson durante a turnê “This Is It”, que seria iniciada em julho.

O médico, que pagava o aluguel de Nicole, também recebia os medicamentos de propofol para Jackson na mesma casa.

Nicole disse que no início do relacionamento, não sabia que Dr. Conrad era médico de Michael e ele fez uma grande surpresa dizendo que a apresentaria ao seu paciente.

“Na verdade eu fiquei surpresa quando ele me disse que me apresentaria a alguém e não disse quem era. Não pude acreditar que era o Michael Jackson”, disse ela. “Fui à casa do Michael Jackson e então ele me disse que aquele era seu paciente”, completou.

Ao ser questionada pela promotoria se ficou empolgada ao conhecer o cantor, ela respondeu que sim. “Michael Jackson conheceu meu filho depois que ele nasceu”, comentou. Ela disse também que só foi à mansão do músico na companhia de Dr. Conrad Murray.

A ex-namorada do médico não soube informar sobre valores contratuais entre Michael Jackson e Dr. Conrad, e falou que chegou a ver uma mensagm de um fax, mas não sabia o funcionamento da máquina, pois não era secretária e não sabia o funcionamento do aparelho, além de não se recordar do conteúdo.


FOCO AQUI!

Entretanto, segundo a promotora Deborah Brazil, em depoimento dado em 2009, Nicole disse que recebeu sim o fax do contrato de Murray com Michael Jackson no fax de sua casa, e ficou sabendo dos detalhes do contrato. A promotora foi bem categórica ao afirmar que ela estava sob juramento tanto em 2009 quanto nesta terça, fazendo com que a testemunha se embaraçasse.

“Faz algum tempo, de 2009 até hoje muita coisa passou e alguns detalhes ficam nublados”, afirmou Nicole Alvarez.

(risos)

“Nicole se contradiz, então a promotoria lembra que ela estava sob juramento tanto em 2009 quanto hoje..”

Então Nicole responde:

“Faz algum tempo, de 2009 até hoje muita coisa passou, ealguns detalhes ficam nublados”
Damn!

Como ela esquece de um conteúdo tão importante, e tem a cara de pau de afirmar isso em um Tribunal?

Ela realmente estava enfrentando o seu teste mais dificil

E claro, ajudando a inocentar o ex namorado bonitão!

Aliás, se lembram dos pombinhos da praia? #reflita

[CONT..]

Nicole recebia encomendas do Dr. Murray

Nicole também confirmou que recebia pacotes e encomendas direcionadas a Conrad Murray em seu apartamento, em Santa Mônica. A promotoria mostrou seis recibos do Fed Ex de abril a junho de 2009 com seu nome e endereço, e ela reconheceu duas das assinaturas como suas. As outras, segundo a testemunha, poderiam ser de outros moradores, que deixavam o pacote em frente à porta de sua casa. Entretanto, Nicole disse que não sabia o conteúdo de tais encomendas e nunca abriu nenhuma delas, pois eram de seu namorado.

Ava!

Ela nunca abriu um pacote de Murray? Sei..

Eu realmente não entendi algo!

Se você recebe uma mercadoria que não é sua, o correio poderá por “engano” deixar na porta da sua casa, mas JAMAIS você receberá uma encomenda de outra pessoa, quando a encomenda exigiria a assinatura da pessoa para retirar

Entende?

Realmente não entendi a justifica de Nicole, ao afirmar que a assinatura que ela não reconheceu, se tratava de encomendas de terceiros na sua porta, quando na verdade ninguém recebe uma encomenda por “engano”, quando é necessário de sua assinatura.

Enfim,

A primeira assinatura é a dela, a segunda é de “alguém” que ela não sabe quem é.

Mas o mais “cômico” é que a assinatura que ela diz que não é dela, possui o nome dela ACIMA da onde foi assinado = mercadoria dela.

Sendo assim, como uma pessoa tira uma mercadoria tão importante em nome dela, e ela diz que se trata de mercadorias de vizinhos?

Que eu saiba é preciso apresentar documentos, para assinar e retirar uma encomenda tão importante.

Como que alguém “falsifica” a assinatura dela, e as pessoas agem como se isso fosse normal?



A testemunha ainda confirmou ter falado ao telefone com Conrad Murray às 13h08 (horário local) no dia da morte de Michael Jackson, pois o médico ligou a caminho do hospital, já após a crise cardiorrespiratória do cantor, para tranquilizá-la. Eles também se falaram três vezes entre 16h e 17h (horário local) do mesmo dia.

“Ligou para tranquilizá-la..”
Bem,

Se ele já estava morto, como Murray ligou para tranquilizar a namorada? Tinha algum motivo para estar calmo? Afinal, ele saiu morto da casa.

Nicole também disse que antes de Michael Jackson embarcar em turnê pela Europa, o médico tratava dele no período da noite, saindo de casa às 21 horas (horário local) e voltando apenas na manhã do dia seguinte.

Isso merece ser lido novamente:

“Michael demonstrou muito interesse em acompanhar a gravidez e os primeiros meses do filho de Nicole com o médico, segundo testemunho da atriz”

O que isso representa?

Que Murray é Michael tinham relações intimas!

Sendo assim,

Murray nunca teve a intenção de matar seu amigo.

Tim López: farmacêutico



Após descrever Murray como um mulherengo perante o júri, a acusação também chamou o farmacêutico Tim López, que fornecia propofol e benoquin ao médico. Segundo Lopez, benoquin é um creme para branquear a pele, geralmente usados em pessoas com vitiligo, uma doença que Michael Jackson sofria.

Tim Lopez afirmou que no total foram 255 frascos de propofol, 20 frascos de lorazepam e 60 ampolas de medazolam vendidos a Conrad Murray.

Ok!

Lembra do creme que Murray queria buscar, pois Michael não gostaria que o mundo descobrisse isso?

Seria o tal de Benoquin?

Não vejo outra lógica, já que a doença era algo frustrante para Michael.

Tendo como base é claro, de que Murray é “inocente”

Outra pérola da Tmz:

Conrad Murray diz: “Os promotores são desonestos”



Conrad Murray derramou a sua coragem para seu barbeiro no fim de semana, e reclamou do promotor em seu julgamento que intencionalmente tentou enganar o júri.

O barbeiro de Murray, Maurice de M Barbearia, disse para TMZ que Murray foi reclamar dos promotores sobre a chamar para o 911. Murray disse que pediu para o guarda-costas Alberto Alvarez, para chamar imediatamente o 911.

E sobre Alvarez, Murray está chateado com a acusação, ele disse que o guarda-costas levou os filhos de Michael para o quarto, e foi quando ele pediu para levar as crianças para baixo.

Murray disse ao seu barbeiro, que ele acha que os promotores estão mais interessados ​​na condenação dele do que na sua inocência.

E se você está se perguntando, o corte de Murray custou US 25 … e ele deixou como gorjeta U$ 5 dólares.

[..]

Pela primeira vez concordo com Murray!

Nós já sabemos que Alvarez mentiu, já que Willians disse que foi ele quem levou as crianças para baixo.

Aliás,

Qual deles está mentindo? Afinal, Willians disse Murray pediu para ele levar as crianças para baixo, enquanto Alvarez disse que Murray pediu para chamar as crianças, e agora o barbeiro diz que foi Alvarez que pegou as crianças?

Oi?

OH GOD!

Qta contradição!

Enfim,

Com excessão da “encenação” de Nicole Alvarez, nada de tão importante foi revelado hoje.

Enfim,

Três namoradas e uma amiga antiga que ligaram “por coincidência” justo no dia 25 de Junho.

Murray é realmente um homem amado!

E disso ninguém tem dúvidas.

Não estamos perdidos. Ao contrário, venceremos se não tivermos desaprendido a aprender

Michael is alive!

Fonte: Mulheres Luxo


avatar
byanca jackson
membro
membro

Mensagens : 4100
Pontos : 39274
Data de inscrição : 29/04/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

http://www.michaeljacksonteamamos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum